segunda-feira, janeiro 23, 2006

You are beautiful...

My life is brilliant.
My love is pure.
I saw an angel.
Of that I'm sure.
She smiled at me on the subway.
She was with another man.
But I won't lose no sleep on that,
'Cause I've got a plan.

You're beautiful.
You're beautiful.
You're beautiful, it's true,
I saw your face in a crowded place,
And I don't know what to do,
Cause I'll never be with you.

Yeah, she caught my eye,
As I walked on by.
She could see from my face that I was,
Fucking high,
And I don't think that I'll see her again,
But we shared a moment that will last till the end.

You're beautiful.
You're beautiful.
You're beautiful, it's true.
I saw your face in a crowded place,
And I don't know what to do,
'Cause I'll never be with you.

Lalala lalala lalala lalala laaaaaa

You're beautiful.
You're beautiful.
You're beautiful, it's true.
There must be an angel with a smile on her face,
When she thought up that I should be with you.
But it's time to face the truth,
I will never be with you

James Blunt

5 Comments:

Blogger papoilasaltitante said...

I cant't believe it!!!
You're really in love!!!
Amigo só quem está muuuiiitttoooo apaixonado é que ainda consegue ouvir o James... ( Eu sei.. eu até gostava imenso no inicio, mas agora já estou um bocadinho....farta da canção).
Mas a paixão é sempre uma boa razão para se apregoar aos sete ventos "you're beautiful".
Jokas do people de Alcobaça

terça-feira, janeiro 31, 2006 5:57:00 da tarde  
Anonymous Sarah said...

Três amigas tomavam café, depois de um rápido jantar em casa, quando o tema tão badalado destes últimos dias se impôs na conversa: o próximo dia de S. Valentim.
Começaram a falar dos seus planos.

A primeira, apaixonadíssima, irá em princípio passar uma noite especial com o namorado especial, num quarto especial, de um hotel especial com vista especial e "menu" ainda mais especial.

A segunda, ainda mais apaixonada, está a pensar preparar um jantar especial, na casa especial do especial homem da sua especial vida.

A terceira, ainda a espera que o "príncipe encantado" lhe bata à porta e lhe diga as palavras mágicas - "És provavelmente a mulher mais chata do mundo, és irritante e por vezes mesmo insuportável, mas por alguma razão, fazes-me falta. Então, vens ou não vens???", irá muito provavelmente, em primeiro lugar, desligar o telefone por recear que este não toque, em segundo, rever um filme ("When Harry meets Sally...", excelente filme! Vem mesmo à propósito.), e em terceiro, beber um copo (ou dois, ou três) em casa, na companhia do irritante James Blunt.

Dito isto, contagiadas pelo vírus de Cupido, começaram a tentar "dar um rosto" ao misterioso termo "amor". "O que farias por Amor, pelo Verdadeiro e Único Amor"? (pergunta cheia de sabedoria!!!!)

A primeira, apaixonada, responde:
"Dava a minha vida!!!" (isto sim é Amor, do verdadeiro!!).

A segunda, apaixonadíssima, emociona-se:
"Desistia de tudo por ele; dos meus estudos, da minha carreira... Abdicava de Tudo. Fugia com ele se fosse preciso!!" (isto sim, é Amor!!!).

A terceira, espontaneamente, diz:
"Eu era capaz de passar a dormir 8 horas por noite, e de comer carne todos os dias." (isto é o quê????).

Ninguém entendeu.

quinta-feira, fevereiro 02, 2006 8:26:00 da tarde  
Anonymous Sarah said...

Ah!! Moral da história:
roer as unhas é feio.

quinta-feira, fevereiro 02, 2006 9:06:00 da tarde  
Anonymous Sal said...

Então e este post tem validade até quando? Ainda servirá para o S. Valentim ou será ke teremos algo novo entretanto? Vá moço!

domingo, fevereiro 05, 2006 10:16:00 da tarde  
Anonymous Sarah said...

There's a body claiming for your hands, for your touch and your smell...
I've been scared lately. Scared and blind. Forgive me.
Don't give up on me baby.
Don't give up on us... we're worth it.
I love you like in the song... "You touched my life and all my goals". God, I love you...

Let me tease you everyday.
Let me share by bed with you everynight... every morning.
Let me look at you when you're asleep.
Let me drive you mad, every time I say or do the wrong thing.
Let me be yours, body and soul, I know in my heart I can't be someone else's...

Slowly... come to me. Don't be afraid. I wanna show you who I am, I wanna show you I'm worth it, even when my hair is a mess.

Don't give up on me baby. Don't give up on us... we're so close... Slowly... It is so right.

We can't tell about tomorrow, but I know about Today.

I don't care about the past... it's gone. It is dead.
Let's meet for the first time...

I'm Sarah and I'm 26...

segunda-feira, fevereiro 06, 2006 11:07:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home